OSGEMEOS

3 – 27 jul 2007


Galeria Fortes Vilaça

A nova exposição d'osgemeos na Galeria Fortes Vilaça reúne 30 desenhos inéditos que reafirmam a criatividade e invenção dos irmãos Pandolfo. O conjunto foi garimpado entre as centenas de desenhos dos artistas, desenhistas compulsivos e virtuosos. Temos aqui uma mostra de natureza intimista, algo absolutamente inesperado em se tratando d'osgemeos. O espectador não encontrará saturação de cores e brilhos nem a ocupação expansiva do espaço, mas sim, a destreza dos irmãos também na simplicidade da caneta sobre o papel.

Todos têm pequenos formatos, muitos deles foram feitos como projetos para pinturas de rua, outros, apenas para existir no papel. Os desenhos mais antigos, de até três anos atrás, acompanharam osgemeos nas ruas dobrados em seus bolsos, carregam a ação do tempo e assumem as características da função de esboços, são rabiscados, sujos e contém até respingos coloridos de tinta spray.

osgemeos exploram elementos de um mundo fantástico, que povoam um universo onírico. Encontramos personagens fictícios, como aqueles de rostos largos – marca registrada da dupla -, figuras femininas nuas e sereias convivendo com uma fauna de peixes gigantes, gatos, lesmas, etc. A referência à cultura e imaginário popular também é presente, os artistas desenham sua versões de boi bumba e negrinho do pastoreio. O resultado surpreende pela delicadeza do traço, riqueza e minúcia de detalhes.

Alguns trabalhos trazem fragmentos de textos que nem sempre se relacionam de forma direta com o desenho. São frases soltas que às vezes acabam desencadeando engraçados diálogos entre os personagens. Cada imagem se basta em si, não havendo uma narrativa entre os desenhos expostos.

O processo criativo da dupla é simultâneo, dividem o mesmo papel, desenhando ao mesmo tempo. Dizem que não há um limite de criação particular a ser respeitado, pois simplesmente, "não há limites". Em Desenho, osgemeos dão ao espectador a possibilidade de espiar um pouco os primeiros pensamentos e traços de uma obra tão prolífica.

Recentemente a dupla participou do The Graffiti Project, em que artistas brasileiros foram convidados a pintar as paredes de um histórico castelo de 800 anos, na área rural da Escócia, o primeiro da história a ter suas paredes grafitadas. Ainda em 2007 realizam uma exposição individual no Museum Het Domein em Sittard, Holanda.

Imagens