Olafur Eliasson

Your orbit perspective

3 Abr – 25 Mai 2013


Abertura

2 Abr, 19h–23h


Galpão Fortes Vilaça


Download

Press Release

Declaração do artista

A Galeria Fortes Vilaça e a Galeria Luisa Strina têm o prazer de apresentar, em parceria, a primeira individual do artista Olafur Eliasson em galerias brasileiras. Uma série de trabalhos inéditos e duas grandes instalações do artista serão mostradas paralelamente no Galpão Fortes Vilaça e na Galeria Luisa Strina.

A obra de Eliasson aborda questões sensoriais e de percepção, buscando reforçar a ideia de que o mundo é uma construção que sempre parte de nós mesmos. O espectador, portanto, nunca é passivo e faz parte do processo de significação da obra.

No Galpão Fortes Vilaça, o visitante penetra num ambiente definido por luz, escuridão e movimento, onde as obras apontam para o mundo “que não é encontrado, mas feito”. Em Your uncertain shadow, o visitante se depara com uma grande parede branca – ao cruzar o espaço, as paredes ganham vida com uma série de sombras em movimento. Em uma escala de tons de cinza que vai até o preto, as sombras se sobrepõem criando uma espécie de coreografia.

Your roundabout movie inspira maior contemplação. Dois objetos retangulares – um vazado e um sólido – são projetados sobre uma tela suspensa no centro da sala, em rotação. Os objetos – um verde, o outro vermelho claro –  giram até sincronizarem em um plano contínuo perfeito. A obra convida o espectador a caminhar pelo espaço, de forma a observar o seu mecanismo. Eliasson apresenta ainda uma grande escultura inédita, Your aurora borealis particle, na entrada do Galpão. A obra suspensa é composta por uma série de espelhos com filtros coloridos onde, uma vez mais, a nossa ação altera nossa percepção do mundo.

Na Galeria Luisa Strina, o espectador é convidado a engajar-se com objetos experimentais resultantes da pesquisa do artista com instrumentos científicos, os quais o teórico de arquitetura Sanford Kwiter chamou de “máquinas de percepção”. A obra que da título a mostra, Your orbit perspective, é um semicírculo projetado sobre uma tela, girando vagarosamente parecendo virar enquanto gira. Este efeito tridimensional gera um estímulo neurológico que proporciona uma experiência alterada do espaço.

Ao longo da sala de exposição dois grupos de trabalhos, fruto da observação espacial, são pendurados em fileiras no teto. A série Multiverse 1-10 apresenta peças de aço banhado em cobre dobradas em círculos e semicírculos que se mantém juntas através de pequenos imãs. As formas resultantes lembram instrumentos de navegação. Your viewing orbit 1- 3 traz semicírculos de arame fixados em espelhos redondos. As obras criam a ilusão de esferas e fazem o espectador colaborar na construção de um espaço ilusório, porém real. Já em Tectonic egosphere, o artista apresenta uma esfera coberta por padrões geométricos negros. Esta escultura explora a relação de contraste entre um espaço exterior no formato de um globo de vidro e seu interior onde dois poliedros espelhados produzem uma série de reflexos. A inquietação visual do interior revela-se a um olhar mais atento pelas frestas da superfície.

Nascido na Dinamarca, em 1967, Olafur Eliasson atualmente vive e trabalha em Berlim e Copenhagen. Entre suas exposições individuais e projetos recentes podemos citar: Little Sun, Tate Modern, Londres (2012); Your rainbow panorama, ARoS Aarhus Kunstmuseum, Aarhus, Dinamarca (2011); Seu corpo da obra (Your body of work) SESC Pompéia, SESC Belenzinho e Pinacoteca do Estado de São Paulo (2011); Innen Stadt Außen, Martin-Gropius-Bau, Berlin, Alemanha (2010); Your chance encounter, 21st Century Museum of Contemporary Art, Kanazawa, Japão (2009-10); Take your time: Olafur Eliasson, SFMOMA (2007) e MoMA, Nova York (2008). Atualmente participa da Sharjah Biennial 11.

Imagens