Nobuyoshi Araki

3 Nov – 17 Dez 2005


Galeria Fortes Vilaça

A Galeria Fortes Vilaça tem o prazer de apresentar na galeria 2, a exposição do consagrado fotógrafo japonês Nobuyoshi Araki, que tem curadoria de Adriana Varejão. A artista apresenta uma leitura pessoal da obra de Araki, traçando referências formais e temáticas entre o seu próprio trabalho e as 32 fotos selecionadas.

A aproximação de trabalhos a princípio tão díspares segue três vertentes básicas: a grade, a fenda e o arabesco. A grade azulejada que determina os ambientes virtuais de Varejão também está presente na obra de Araki em fotos feitas em banheiros, onde conjungam-se contrários como o limpo e o sujo, a geometria e o corpo. A fenda, que o fotógrafo japonês encontra no sexo feminino, em fotografias de flores e até mesmo em paisagens, aparece no trabalho da artista brasileira como fissuras e incisões aplicadas sobre a tela. O arabesco finalmente une os artistas em torno de uma sensibilidade barroca, seja no gosto pelo movimento orgânico de pêlos, peles e tecidos, seja no excesso de ornamentos e tatuagens.

A obra de Nobuyoshi Araki é objeto atualmente de uma grande retrospectiva no Barbican Arts Centre em Londres. O fotógrafo também já participou da Bienal de São Paulo de 1996.

Imagens