Nuno Ramos

ai de mim!

10 Nov – 8 Dez 2006


Galeria Fortes Vilaça

ai de mim!, trabalho inédito de Nuno Ramos na Galeria Fortes Vilaça, confirma o interesse do artista em explorar de forma interdisciplinar diversos gêneros artísticos – neste caso, a literatura e a escultura.

A instalação desdobra-se em duas esculturas de grande porte, feitas em vidro e aço respectivamente, e que mantém diálogo permanente através de dois alto-falantes inseridos no interior das peças. Um deles emite uma voz masculina, o outro uma voz feminina. Escrito pelo autor a partir de uma dicotomia entre os papéis masculino e feminino, o texto (que se vale de trechos dramatúrgicos de outros autores) ficará ecoando pelo espaço expositivo .

A escultura feita em aço ocupa toda a entrada da galeria e se projeta para o primeiro andar, forjando um recorte espacial e impondo uma relação de embate com a arquitetura. Ao subir a escada, o visitante percorre um caminho ao longo da obra e pode examinar os jogos de equilíbrio e tensão. Na sala de cima, uma escultura de vidro, feita a partir de recortes formalmente semelhantes, o espera. Ambas as peças são estruturadas por um longo cano, onde o falante será inserido, projetando o texto em direção à outra escultura. O contraste físico entre aço e vidro extrapola a experiência visual e é também percebido nas vozes masculina e feminina em diálogo, que ativam a obra.

As vozes foram interpretadas pela da renomada atriz Helena Ignez e pelo ator Luis Melo. O texto estará disponibilizado na íntegra em um livreto.

Este ano, Nuno Ramos recebeu o grande prêmio (Grant Award) da Fundação Americana The Barnett and Annalee Newman Foundation, pelo conjunto de sua obra. O prêmio já foi concedido para artistas de renome internacional, como Andrew Lloyd e Roni Horn. Recebeu também o Prêmio Mário Pedrosa, da A.B.C.A.

Imagens